40ª Secom traz a experiência feminina e a arte de se reinventar

Na manhã da quarta-feira (25), terceiro dia da 40° Semana de Comunicação Social (SECOM), mais uma dupla feminina encantou o s alunos do Departamento de Comunicação. A mesa “Outros caminhos em comunicação” contou com a participação da ex- aluna Michelle Sampaio, sócia-proprietária da Comunicarte Treinamentos e Juliana Belmudes, consultora de Marketing, que hoje desenvolve cerca de 80% de seu trabalho remotamente.

Emocionada, Michele Sampaio conta sobre sua passagem pelo departamento de Comunicação Social da Unitau e como essa fase foi um divisor de águas em sua vida. “Enquanto aluna eu sempre tive suporte de todos os professores, eles sempre me auxiliaram em tudo que precisei”. A ex-aluna também relata que um dos momentos mais proveitosos da sua formação acadêmica foi ter participado de muitas Semanas da Comunicação e aconselha os estudantes a sugarem o máximo que podem de experiências como estas.

Foto por: Petterson Vitoriano

Após todos os anos de Rede Vanguarda, Michele compartilhou seu aprendizado e as tendências de comunicação que impulsionou a abertura de sua empresa em sociedade com Marcelo Hespaña. Sobre o trabalho que desenvolve na Comunicarte, Michele contou que a missão é roteirizar as histórias de pessoas e empresas que os procuram, transformar a ideia em algo impactante. Além dos treinamentos de Media training que também é foco da empresa.  Para finalizar sua participação a jornalista emocionada chama atenção dos alunos “Vocês não são publicitários, não são jornalistas ou relações públicas. Vocês são comunicadores”, complementa.

A palestrante, Juliana Belmudes, também ex-aluna do Departamento, também tem uma trajetória de sucesso na comunicação corporativa, marketing, projetos e relacionamento em empresas como a Caterpilar, Unilever, Nestlé, Femsa e General Motors. Motivada pela maternidade, buscou mais flexibilidade em seu trabalho e hoje desenvolve a maior parte de sua produção profissional remotamente.

Belmudes tornou-se incentivadora do “trabalho remoto” e esclareceu os universitários sobre o  assunto a partir de cases como a Workana, maior plataforma de freelancers da América Latina. A mesa despertou o interesse  e possibilitou o diálogo com as profissionais. Vinicius Rosa, do 4º semestre de Publicidade e Propaganda, considerou que a temática foi uma oportunidade de abrir sua mente, “O trabalho remoto é inclusivo e é imprescindível exercitar nosso lado comunicador, não somente o publicitário”, conclui.

A 40° Secom continua até a próxima sexta-feira (27). A entrada é permitida para todas as pessoas, para mais informações consulte a programação e acompanhe o evento pelas redes sociais.

Facebook: /csonlineunitau
Instagram: Comunicacaounitau

Ingrid Garcez e Petterson Vitoriano
ACI/UNITAU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *