Café união prova que relações são necessárias com diferentes públicos

O Café União 2018, evento promovido anualmente pelo Departamento de Comunicação Social, alcançou sua vigésima edição, na quarta-feira, dia 13 de junho, às 19h. A atividade é planejada e organizada pelos alunos do 3º semestre de Relações Públicas, sob orientação das professoras Andrea Gomes Guimarães Aragão e Aline Fernanda Lima Ferreira.

O evento organizado pelos estudantes tem por objetivo estimular o aluno a colocar em prática os conteúdos aprendidos em sala de aula na disciplina de Organização e Execução de Eventos, além de incentivar a integração dos estudantes de comunicação e promover a troca de experiências entre profissionais conceituados e jovens em construção de carreira. O eixo temático da noite, escolhido pelos alunos, foi “Públicos: relações necessárias”.

Ana Carolina Garcia, aluna do 3º semestre do curso de relações públicas e participante da organização do evento, pensa que o que mais intriga os profissionais de comunicação é a forma com que cada empresa lida com o seu público, “já que os públicos são diversos e nunca saberemos tudo sobre todos”. Esse tema foi debatido em mesa redonda com dois profissionais de Relações Públicas de grandes empresas, Juliana Malavazzi (The Walt Disney Company-Brasil) e Victor Selli (McDonald’s-Brasil).

Juliana, relações públicas que atuou no setor de recursos humanos da Walt Disney Company, compartilhou sobre as experiências adquiridas no exterior em uma das maiores empresas do mundo e sobre a importância de saber lidar com o público, não atendendo apenas as suas expectativas, mas superando todas elas. Selli, especialista em comunicação corporativa no McDonald’s, complementou o bate papo, falando sobre o valor da comunicação no mundo corporativo, uma vez que também possui formação no exterior e já trabalhou em outra empresa de grande porte, a Edelman do Brasil.

Com o encerramento da atividade, todos foram convidados a participar de um coquetel montado pelos alunos, com o apoio e patrocínio de empresas e comércios da cidade, que acreditam no potencial do evento. Durante a noite aconteceu ainda sorteio de brindes (também fornecidos pelos apoiadores do evento), a agradável apresentação do músico Paulo Bassini e a produção artística ao vivo, de um grafite, produzido pelo artista Valdir Rodrigo, que já coloriu o departamento de comunicação social em outras ocasiões.

Participante novata, Rebeka Falcão, do primeiro semestre do curso de Relações Públicas, relatou que o evento agradou muito. “Ajudou bastante a ter uma noção do que a minha turma fará ano que vem, e também o que faremos nas empresas e/ou instituições”, comentou ela.

Na edição de 2018, em especial, os alunos precisaram do dobro de empenho na realização do evento. A data inicial do Café União era 24 de maio, porém com a greve dos caminhoneiros neste mesmo período, o evento foi adiado e reformulado.  Mesmo com os imprevistos, que só a prática oferece, os alunos mantiveram o foco e interesse pela atividade, e o público compareceu em peso.

A professora Aline Lima, reconhece os esforços e as dificuldades enfrentadas pelos alunos, atribuindo uma avaliação positiva ao trabalho realizado. “Isso é sempre aprendizado para eles e aprendizado para as turmas que estão ali, eles deixam um legado para o evento, para o departamento, para o curso de Relações Públicas” afirma ela. “Eu fico muito feliz de ver o aluno assumir um compromisso em grande estilo, de se comprometer de fato”, completou.

Valeska Migotto
ACI/UNITAU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *