Streaming foi tema no encerramento da 40ª SECOM

Foto: Caio Fernandes

A 40ª Semana da Comunicação (Secom) chegou ao fim na sexta-feira, 27, no Departamento de Comunicação Social da Universidade de Taubaté (Unitau). Durante a semana, futuros jornalistas, publicitários, relações públicas e designers tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais de perto a realidade da profissão por meio dos convidados.

No último dia da Secom, Rodrigo Rebouças, diretor da Dogs Can Fly Content, foi o convidado da noite. O bate-papo com os alunos abordou novas formas de consumir séries e filmes, por meio do streaming, uma modalidade que permite assistir vídeos, filmes em “tempo real”, sem baixar o conteúdo para um computador, diretamente pela internet. Atualmente, os números de assinaturas aumentam cada vez mais e ultrapassam as de TV a cabo.

Ao recuperar um histórico recente da evolução dessa modalidade, Rebouças explicou a entrada da Netflix, que liderou, até aqui, o mercado de streamings, e motivou a produção de documentários e os conteúdos mais variados para esse meio que não para de crescer. Destacou ainda, que a concorrência está crescendo e grandes nomes como Amazon e Apple estão entrando nessa fatia do mercado.

Aliadas ao Big data, que permite análises e a interpretações de dados ainda mais complexas e variadas, o streaming amplifica as possibilidades de produção. “Creio que estamos caminhando para um futuro em que a gente se torna nossa própria mídia”, destacou Rodrigo. Para Thiago Molina, professor e diretor da TV Unitau, o Streaming “Democratizou a comunicação. Permitiu que produções fossem divulgadas, independente de sua origem.” O professor, que ministra a disciplina Produção de Vídeo, também reforça a facilidade que os serviços de streaming trouxeram para a dispersão de conteúdo midiático.

A palestra teve repercussão positiva, entre os alunos. “Achei interessante quando ele disse que tudo o que nós pesquisamos, acaba ficando salvo no navegador de busca, sem que a gente saiba”, afirmou a aluna do sexto semestre de jornalismo, Idalina Zanetti e completou: ”muitas vezes, esses dados são vendidos para a criação destes conteúdos. Um documentário que explica muito bem isso é Privacidade Hackeada [2019, direção de Karim Amer e Jehane Noujaim] da Netiflix”.

Além da palestra, a 40ª Secom apresentou o Comunica Show.

Caio Fernandes, Silva Junior e Samuel Martimiano
ACI / UNITAU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *