Pesquisador de Lisboa debate FAKE NEWS com alunos de Jornalismo e Produção Audiovisual da UNITAU

Docente da Escola Superior de Comunicação Social do Instituto Politécnico de Lisboa/Portugal, Branco Di Fátima, apresentou dados sobre as FAKE NEWS e seus impactos sociais e debateu com cerca de 30 alunos de Produção Audiovisual e Jornalismo da UNITAU

“Fake News e seus impactos na política e na sociedade”. Esse foi o tema da aula on line de História das Mídias, do curso de Produção Audiovisual (PA) do Departamento de Comunicação Social da UNITAU, realizada nesta terça-feira, dia 25 de maio, e que contou com a presença do escritor, jornalista e pesquisador da Escola Superior de Comunicação Social (ESCS) do Instituto Politécnico de Lisboa (IPL), professor Branco Di Fátima. A disciplina é ministrada pelo professor Me. Robson Monteiro. Além dos alunos de PA, também participaram da aula-debate, os acadêmicos do 5º semestre de Jornalismo, da disciplina Teorias da Comunicação, da professora Me. Edilene Maia e do professor Me. Maurílio do Prado Láua.

Durante mais de 1 hora e 40 minutos, o professor Branco Di Fátima relatou fatos, apresentou dados e mostrou os impactos que as FAKE NEWS causam nas relações políticas, econômicas, sociais e pessoais da sociedade. ” Essa rede de notícias falsas não é um fenômeno atual como muitos pensam. Já existia desde os primórdios, nos tempos da Roma Antiga, com imperadores e percorreu um longo caminho até a sua face mais amarga atualmente nos tempos de internet e redes sociais”, esclareceu o docente.

Após um relato breve de todo a evolução histórica e da atual trajetória e inserção das FAKE NEWS no universo da comunicação digital, Branco de Fátima respondeu a diversos questionamentos dos alunos e professores que participaram da aula-debate.

Branco Di Fátima
Pesquisador, jornalista e escritor, Branco Di Fátima é Doutor em Ciências da Comunicação pelo Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE) e membro do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES), do Observatório de Comunicación (OdeCom) da Universidad Católica del Ecuador (PUCE) e da European Communication Research Association (ECREA). Trabalhou em projetos financiados pela Comissão Europeia e como correspondente internacional em países da Europa. Tem artigos publicados em diversos veículos, entre outros, no The Huffington Post, Portal Uai, European Journalism Observatory, Público, Aventuras na História, Jornal Record, Revista Sábado, etc. Branco Di Fátima é autor do livro-reportagem “Dias de Tormenta” (Geração Editorial, 2019) e organizador das obras Internet: Comunicação em Rede (iGov, 2013) e Outros Olhares: Debates Contemporâneos (Leiditathi, 2008).

Um comentário Adicione o seu
  1. Excelente aula- debate entre o professor Branco, professores da UNITAU e alunos do curso de produção audiovisual e jornalismo. Tema extremamente relevante na atualidade com boa participação de todos os presentes na sala.

Deixe uma resposta para Sidney Campos Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *